Autores

Fóssil

Conheça este autor

Sempre que é convidado a se manifestar sobre o projeto, falando de fósseis no asfalto, há um certo estranhamento. Então, para facilitar a compreensão, resolveu desenhar, também.
Ao registrar um objeto enche-olhos na superfície da camada asfáltica, ocorre algo meio mágico: daí vem uma obrigação de projetar quase que imediatamente as matrizes, reproduzindo formatos em outras dimensões e lugar. 
Os objetos fossilizados têm força de lei, e são seus diretores, vice-presidentes. 
Antes de os fósseis o escravizarem com suas mensagens de mar e aléns, eles estavam fadados a permanecer eternamente no mesmo endereço, como postes elétricos de cimento. Mas aí ele chegou para mudar a dura e sinistra realidade. A melancolia das alegrias se instalou e o reflexo do céu-asfalto, o mais lindo dos rios negros, ganhou tonalidades ainda mais escuras, como dias que indicam as chuvanças de Turner. 

 

Produtos deste autor