Autores

Rodrigo Vilela

Conheça este autor

Publicit•rio formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em S„o Paulo, estudou Curadoria pela Puc-SP e Artes Visuais. Atua no mercado de comunicaÁ„o e arte.
Rodrigo È natural de Boa EsperanÁa-MG. Sua exposiÁ„o intitulada ¥The Visceral Mind¥ esteve exposta em galerias, museus e pubs, entre eles o Museu da Loucura em barbacena-MG.
Francis Bacon, Edvard Munch, Louise Bourgeois e Masahiro Ito s„o algumas referÍncias usadas em seu trabalho.

Conceitual:
 
Trabalhos onÌricos e puramente autobiogr•ficos, inspirados em traumas e medos. Sobretudo pintados em Nanquim, AcrÌlica, Carv„o, CafÈ, Shoyu, voltados para o Horror Gr•fico. EsboÁos em telas, cadernos e pinturas em madeira (Compensado e Pinus) e emoldurados na madeira (carvalho).
Seus ˙ltimos trabalhos foram expostos no Radium Clube Dorense (Phantasmagoria) e no Via CafÈ Garden Shopping (The visceral mind), em agosto de 2017 a mostra foi para o Museu da Loucura em Barbacena-MG.
InfluÍncia do Horror, do Expressionismo Alem„o e sua distorÁ„o pl•stica.
Rodrigo explora todas as nuances do medo, da loucura e tudo que È inerente ao lado mais obscuro do ser humano. Seu trabalho foi resumido pelo renomado artista pl•stico Edgar Franco como "imagens viscerais e com grande forÁa poÈtica!".
O artista recebeu em 2017 o prÍmio na categoria de Artes Pl•sticas em sua cidade natal, Boa EsperanÁa-MG.


Por Rodrigo Vilela:

Quando vocÍ exterioriza para alguÈm um segredo ou algo que te corroa, o sentimento È de alÌvio, porque tudo que te fere internamente È preciso ter luz, È como vocÍ levar ‡ luz o mal que se instalou em ti, È dar carne ao oculto e este ser tocado pelo prana. 
Meu trabalho visual em essÍncia transmite isso, os seus pesadelos, os seus medos, suas dores, o lado sombrio e misterioso do ser humano, por isso È uma express„o melancÛlica tendo por caracterÌstica a distorÁ„o pl•stica do expressionismo. 
Num prÛximo livro, eu utilizarei as cores, portanto ser• como caminhar na Divina ComÈdia e passar por todos os degraus atÈ subir ao paraÌso e ser tocado pelo prana. Dedico este livro aos meus pais, Rommel Vilela e Eliana de Oliveira Vilela.
TambÈm dedito ao meu falecido avÙ, Sr.Ari, que por meio deste aprendi conceitos simples da vida e da arte.

Produtos deste autor