Autores

C. C. Beck

Conheça este autor

Charles Clarence Beck nasceu em 8 de junho de 1910, em Zumbrota, Minnesota.

Estudou na Chicago Academy of Fine Art e cursou a Universidade de Minnesota.

Em 1933, Beck começou a trabalhar como ilustrador de humor nas revistas de papel barato da Fawcett Publications.

Em 1939, o editor de revistas em quadrinhos da Fawcett, Bill Parker, criou o Capitão Marvel e encarregou C.C Beck das artes e da produção da série. Começou com uma história de 13 páginas, mas logo se tornou um grande sucesso de vendas. Isso elevou Beck ao cargo de desenhista-chefe.

Em 1941, com o sucesso de Capitão Marvel, Beck montou o seu próprio estúdio na cidade de Nova York e a Fawcett continuou sendo seu maior cliente. Beck produzia Spy Smasher e Ibis, the Invincible, bem como todo o material de merchandising gerado pelo Capitão Marvel. Com o gerente de seu estúdio, Pete Costanza, ele expandiu para trabalhos de propaganda e criou Capitão Tootsie, uma tira publicitária para a fábrica de doces Tootsie Roll, que era publicada nas edições de domingo de alguns jornais.

Em 1944, Beck abriu mais um estúdio, em Englewood, Nova Jersey. Em 1954, a Fawcett parou de publicar quadrinhos. A queda nas vendas e a ação judicial da National (DC), que processou a editora acusando o Capitão Marvel de ser um plágio de Super-Homem, desestimularam a Fawcett a continuar no ramo. Em 1955, Beck se mudou para a Flórida, onde abriu um estúdio para produzir ilustrações comerciais e projetos gráficos.

Em 1966, Beck produziu o gibi Fatman, the Human Flying, para a Milson Publications. Três números depois, a editora faliu e a revista foi cancelada.

Em 1972, a National Periodical Publication (DC Comics) decidiu reativar o Capitão Marvel, agora de sua propriedade. Eles encarregaram C.C. Beck de produzir o personagem, que ele havia criado originalmente, para uma nova revista chamada Shazam! Depois de nove números, após uma disputa editorial, Beck abandonou a revista.

Ele se aposentou e continuou a escrever artigos sobre histórias em quadrinhos, bem como a Crusty Curmudgeon, uma coluna para a imprensa voltada para esse mercado.

C.C.Beck faleceu na Flórida, em 22 de novembro de 1989.

Produtos deste autor