Produtos

Carl Barks e os quadrinhos da Disney : desmascarando o mito da modernidade

CARL BARKS E OS QUADRINHOS DA DISNEY – DESMASCARANDO O MITO DA MODERNIDADE
Carl Barks (1901-2000) foi um gênio absoluto. Essa afirmação se solidifica a cada ano, conforme sua obra continua sendo republicada e estudada, principalmente por acadêmicos de primeira linha. 
Um dos mais profundos estudos sobre sua vida e obra foi realizado pelo professor Thomas Andrae, catedrático do departamento de Sociologia da California State University, profundo estudioso da linguagem das HQs e um dos acadêmicos que entrevistaram o próprio Carl Barks ainda em vida. E agora, este trabalho é finalmente publicado em português. 
O estudo ajuda a nós, leitores brasileiros que acessaram sua obra tardiamente, a compreender melhor a mensagem e a sensibilidade de Barks para com as transformações pelas quais passamos no turbulento século XX. Se o cartunista vivia e escrevia para seu tempo e espaço – os EUA em transformação de nação rural para superpotência atômica – sua mensagem reverbera em todos aqueles atingidos por sua universalidade. Seus personagens, mesmo aqueles herdados dos Estúdios Disney, ganham força e caráter, e se tornam verdadeiras “representações de nós mesmos e das potencialidades que todos possuímos na luta por autocapacitação e uma vida significativa”, para usar as palavras do próprio prof. Andrae. 
Não é apenas um livro de referência para o trabalho de Barks, trata-se do primeiro estudo crítico completo sobre o gênio criador da mítica Patópolis e do Tio Patinhas, e também é uma síntese metodológica para análises da linguagem dos roteiros e das HQs.

 

Preço: R$ 69,00
Nº de páginas: 384
Formato: 17x24

CARL BARKS E OS QUADRINHOS DA DISNEY – DESMASCARANDO O MITO DA MODERNIDADE
Carl Barks (1901-2000) foi um gênio absoluto. Essa afirmação se solidifica a cada ano, conforme sua obra continua sendo republicada e estudada, principalmente por acadêmicos de primeira linha. 
Um dos mais profundos estudos sobre sua vida e obra foi realizado pelo professor Thomas Andrae, catedrático do departamento de Sociologia da California State University, profundo estudioso da linguagem das HQs e um dos acadêmicos que entrevistaram o próprio Carl Barks ainda em vida. E agora, este trabalho é finalmente publicado em português. 
O estudo ajuda a nós, leitores brasileiros que acessaram sua obra tardiamente, a compreender melhor a mensagem e a sensibilidade de Barks para com as transformações pelas quais passamos no turbulento século XX. Se o cartunista vivia e escrevia para seu tempo e espaço – os EUA em transformação de nação rural para superpotência atômica – sua mensagem reverbera em todos aqueles atingidos por sua universalidade. Seus personagens, mesmo aqueles herdados dos Estúdios Disney, ganham força e caráter, e se tornam verdadeiras “representações de nós mesmos e das potencialidades que todos possuímos na luta por autocapacitação e uma vida significativa”, para usar as palavras do próprio prof. Andrae. 
Não é apenas um livro de referência para o trabalho de Barks, trata-se do primeiro estudo crítico completo sobre o gênio criador da mítica Patópolis e do Tio Patinhas, e também é uma síntese metodológica para análises da linguagem dos roteiros e das HQs.

 

Galeria de imagens